sábado, 17 de agosto de 2013

Agora? (texto de nov. 2012, nunca publicado)

Mais do que parecer, sei que É cedo. Repentino, fulminante e agressivo parecem bons para descrever como isso aconteceu, mas não fazem justiça a como isso toma conta de mim toda vez que chego perto de voce.
Seu cheiro me inebria, e nunca senti nada mais suave que seu toque. Ouvir sua voz macia me chamar, como quer que seja, é o unico doce que me agrada.
O abraço firme e o beijo molhado de hoje são sempre melhores que o de ontem, mas com certeza são superados pelos de amanhã, porque tudo que eu sinto por você so cresce.

Não foi, e não é facil. Mas não é nada aquém do que eu quis todo esse tempo.
A alegria que você diz que eu te trago é tudo o que me motiva.
Te ver sorrir por essa alegria é a énica recompensa que espero, bem como o seu amor e o seu carinho sao os únicos que quero.

Já não acredito em contos de fadas, e meninos nunca foram muito bons nisso, mesmo. Mas meninas acreditam, e eu quero fazer de tudo para ser seu príncipe no cavalo branco.
Não quero falar de final, mas sim de vida feliz, e com você vejo uma chance sem igual de ter e oferecer isso.
Errado foi pedir permissão para se apaixonar por mim, quando há tempos ja nao vejo minha vida sem seu beijo doce e sorriso inocente pelas manhãs.

Sei que é cedo, mas já não aguento mais esse inchaço no meu pomo-de-adão.
Acho que te amo, e pela quebra no nosso acordo quero perdão.
Sei que não era o combinado, mas te amo, e disso nao abro mão.

Erick Cordeiro Ozaki
18/11/2012 - 00h00
Barra Bonita - São Paulo

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Sem título

Nunca senti nada tão ruim. Não só sinto, como sei que sou a pior pessoa que pisou na face da terra, por tudo que te fiz passar. Não mereço o carinho que você me teve nos últimos dias, mas quero plantar no seu coração todos os dias a semente de um sorriso, que terei de colher no dia seguinte, com a próxima semente em mãos.
Mas, sem você, impossível viver. Being around you was like walking on clouds. I don't think life is a gift if you are not close to me. I mean, I see no reason do to a thing all and every day. I miss you so bad.
Eu me humilharia por você. Da maneira que voce determinasse. Eu faria qualquer coisa. Eu não quero mais estar com meus amigos, porque agora eles também são seus amigos, e é próximo e longe demais ao mesmo tempo, e eu não suporto isso. Eu quero é comer aquele macarrão com pedaços de tomate no molho, que eu odeio. Quero ouvir sua rádio infantil, e viver catando milhões de vagalumes por aí. Acordar cedo no sábado, morrendo de sono e te levar pro trabalho voluntário louca de pressa porque a chapinha demorou de esquentar. Reclamar do seu batom, porque ele me mancha o rosto, mas borrar ele todo de tanto beijar a sua boca macia.
Eu não suporto a vida longe de você e nem sei se a quero assim.
Eu te amo.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Oco

Tenho me sentido vazio. Nada satisfaz a fome, não há cansaço que traga sono, nao há cheiro que sacie a saudade do seu. A necessidade de te abraçar me assalta todos os dias, enquanto ando ou almoço, todas as noites, quando me viro na cama, sem paz porque não tenho mais o seu carinho.
Escuto a sua rádio, que era nosso motivo de discórdia, porque é o melhor jeito de sentir que acabei de te deixar em algum lugar, e poder me enganar por 2 ou 3 minutos que vou te encontrar de novo logo.
Preciso confessar: nunca amei assim. Meu corpo arde de pensar em você, e em como sinto falta da tua boca, minhas orelhas queimam em lembrar de como é doce a tua voz que não me diz mais "Bom dia, meu amor".
"Me diz agora com que pernas eu devo seguir", se quando conheci tua terra, não fazia senão olhar em volta, buscando um casebre pra onde pudesse endereçar nossas correnpondências, pra onde pudesse carregar tua máquina de lavar e nossas compras do mês.
Tive nos braços a melhor pessoa que já vi andar, com seus pés de anjo, seu toque carinhoso, seu beijo macio e sua capacidade ilimitada de amar. Mas fui incapaz. Incapaz de ser o que você esperava de mim, e o que eu esperava de mim, depois que te prometi que seria.
Preciso que você me desculpe por isso. Infelizmente eu não posso me perdoar.
Não aceito outra vida senão a que tem você comigo. A vida em que eu acordo aos sábados, porque voce tem horário, e sou apressado, pra que nao te atrase.
Decidi transformar em cada lágrima sua que tornei, um sorriso. Pode ser por um caqui, uma bala ou um texto como esse. Espero que você goste de caqui.
Eu te amo, e não vou nunca abrir mão de dizer isso.