sábado, 26 de março de 2011

Untitled

Quero te beijar como se fosse a última;
Contruir em volta de você meu castelo feito de areia, segure os cotovelos;
Don't you dare to let it slip into the see,
Não me deixe com medo de vagar no escuro, seja medo estampado na cara ou escondido no porão;
Vamos erguer um patamar cerdado de quatro paredes sólidas,
Beijo por beijo num sonho mágico, cercados pelo descaso público.

Erick Ozaki

Nenhum comentário:

Postar um comentário