domingo, 27 de março de 2011

Vou-me embora pra Pasárgada


Vou-me embora pra Pasárgada

Lá sou amigo do rei

Lá tenho a mulher que eu quero

Na cama que escolherei

Vou-me embora pra Pasárgada

Vou-me embora pra Pasárgada

Aqui eu não sou feliz

Lá a existência é uma aventura

De tal modo inconseqüente

Que Joana a Louca de Espanha

Rainha e falsa demente

Vem a ser contraparente

Da nora que nunca tive

E como farei ginástica

Andarei de bicicleta

Montarei em burro brabo

Subirei no pau-de-sebo

Tomarei banhos de mar!

E quando estiver cansado

Deito na beira do rio

Mando chamar a mãe-d'água

Pra me contar as histórias

Que no tempo de eu menino

Rosa vinha me contar

Vou-me embora pra Pasárgada

Em Pasárgada tem tudo

É outra civilização

Tem um processo seguro

De impedir a concepção

Tem telefone automático

Tem alcalóide à vontade

Tem prostitutas bonitas

Para a gente namorar

E quando eu estiver mais triste

Mas triste de não ter jeito

Quando de noite me der

Vontade de me matar

— Lá sou amigo do rei —

Terei a mulher que eu quero

Na cama que escolherei

Vou-me embora pra Pasárgada.

Manuel Bandeira

sábado, 26 de março de 2011

Untitled

Quero te beijar como se fosse a última;
Contruir em volta de você meu castelo feito de areia, segure os cotovelos;
Don't you dare to let it slip into the see,
Não me deixe com medo de vagar no escuro, seja medo estampado na cara ou escondido no porão;
Vamos erguer um patamar cerdado de quatro paredes sólidas,
Beijo por beijo num sonho mágico, cercados pelo descaso público.

Erick Ozaki

sábado, 5 de março de 2011

Extreme ways are back again

    I am back to my routine these days, that's the biggest reason I've been out for so long.
Everything looks the same. Ok, almost everything. The most important thing above all doesn't feel that the same. I dont feel quite the same.
   I mean, I am still me speaking about myself, I still believe in whatever i believed before, but I want different. I dont feel quite the same, despite I still am the very me I've ever been.
   I've been there before. But never like this. Feels different but completely normal. Feels like the world around me is just changing, and I dunno how and where to, but looks like I just know it's getting better at every single breath I take.
   You know, feels better now then when I started writing, and I hope it feels worse than how i shall feel when I am done doing it. Maybe I will feel even better soon, I might just need someone to share and divide, so I can grow it even bigger.
   Everything gets feeling like new, when you start investing better your time on you.

Erick Ozaki