segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Ver

Te avistei e dei todos os sinais que pude.
Voce ou os ignorou, ou nao me viu desde o comeco.
Era tudo que eu queria. Ser visto.

Mau visto, com mau-olhado, enxergado,
percebido embacado, tudo menos deixado de lado.

Talvez um cortex qualquer do seu cerebro tenha me apercebido,
talvez esse pedacinho seu eu tenha convencido,
talvez se voce desse ouvidos a ele esse amor teria acontecido.
Erick Ozaki