segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Lembranças


As ferias iam bem para os dois.
Ela na Oma.
Ele em casa.
O problema foi a pouca atencao que deram ao fato de que em algumas horas teriam o resultado
da prova causadora do maior número de desmaios e ansias na juventude: 
o maldito vestibular.


Tentar tirar o resultado da cabeca era dificil, 
mas, tambem, necessario.
Ele passando o tempo entre uma e outra conversa no 'nsm'.
Ela com passeios com o padrinho e o irmao.


Bom, nao resolveu.


O maior problema eh que, nessas horas tudo lembra a lista.
Aquela que aponta quem está dentro. 
A maldita lista! 
Entre tantos nomes, um teria que ser o dela.
Um ia ser o dele.
Mas e se nao fosse? 
E por que essa tortura tem que ser justamente nas ferias? 
Justamente quando eles acreditam que conseguiram o merecido descanço?!


Mas heis que o telefone toca.
E que a Oma desce as escadas.
A voz já conhecida não para de gritar parabéns.
E aquele abraço familiar apressado pra dar um abraco na neta.


Os dois agora universitários.


Nunca se ouviu tanto "Eu te amo" como na semana da matricula.

Escrito a dois teclados: Merie Ellen & Erick Ozaki

Um comentário:

  1. Engraçado como um único momento, que varia no número de horas pode mexer tanto com o nosso humor, o dos nossos familiares e também com o nosso futuro.
    Vestibular é realmente uma prova de fogo, e não digo com relação ao conhecimento só. E sim em tudo: físico, psicológico e estudantil. Vai entender essa avaliação.
    O que importa é que passa, e você comemora!

    Assim como eu comemora essa nossa primeira produção ;]
    Parabéns pra nós!

    ResponderExcluir